sexta-feira, 30 de junho de 2017

Junho 2017

Via Instagram (X X)

Junho foi muito intenso. Foi vivido da melhor maneira que consegui. Começando com noites de Uno nos cafés da baixa, acompanhados de muito riso, e sumos naturais nos dias de folga. Foi um mês onde tirei a barriga da miséria nas leituras. Não acredito que terminei um livro, li mais dois, e já comecei outro! 

Junho foi sinónimo de férias. De pôr a cabeça em ordem e dar um corte valente no cabelo. Matei saudades do Oceanário. Desleixei-me imenso no exercício físico. Foi mês dos almoços em equipa e a dose de riso foi o habitual. Vi séries novas, e pude (re)aprender sobre blogs no workshop "Este Blog é Meu" dado pela Margarida Brito, autora do blog Pano pra Mangas. E graças ao empurrão inspirador que levei, aqui estou eu num novo cantinho. 

Mas o melhor do mês foi receber (ainda mais) amor das minhas pessoas, e celebrar os 26 anos.

Digam-me, que tal do vosso Junho?

quarta-feira, 28 de junho de 2017

A Toska


Começo este blogue com um lugar para vos abrir o apetite.
E eu pessoalmente até gosto de fazer este tipo de publicações.

Eu gosto muito de hambúrgueres, e quanto mais "caseiro" melhor. Acabo por vezes nos "hambúrgueres de plástico", se bem que este ano estou a tentar cortar com isso, procurando alternativas, nem que sejam ligeiramente mais saudáveis.

Há algum tempo fui a uma hamburgueria em Faro, gostei muito, mas numa outra ida o atendimento não correu lá muito bem, por isso pus-lhe uma cruz em cima. Mais tarde abre uma do género (não do mesmo franchise) na minha cidade, e não sei se foi da experiência anterior, nem quis pôr lá os pés. Até que fui este mês com a minha equipa de trabalho.

"Para mim tudo é bacon!"


Entrei na TOSKA e saí de lá "tosca" de tanto comer. Fui bem servida, e fiquei a babar-me pela batata doce frita e aquele molho de alho espectacular. Pedi o Empachado. Tinha queijo cheddar, ovo estrelado, alface, compota de bacon (não me perguntem, só pedi porque vi lá bacon escrito *para mim tudo é bacon*) e ketchup. Para a próxima peço sem ketchup, achei que estava a mais, quando já tem a compota e alguns temperos. A acompanhar, tinha a tal batatinha frita e molho de alho. Na verdade, vi-me foi "empachada" para comer aquilo, foi o primeiro hambúrguer que comi na vida com faca e garfo!


O serviço foi rápido e simpático, e a nível de preços está em conta. E a decoração? *Posso ficar com tudo?* Frases com sotaque da terra escritas em todo o lado, rádios e gira discos antigos (infelizmente só decorativos), frases emolduradas... E bicicletas como a Glória a contornar a esplanada! Um espaço bem giro e que eu estava de pé atrás em experimentar.

Voltarei lá, até porque fiquei "com os olhos em bico"
quando vi um dos hambúrgueres que vieram para a mesa.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Senta-te e Respira


... Começa do zero. 

Não vou mentir, não veio "do nada". Teve planeamento, e um workshop foi o empurrão que me faltava para começar. Quis começar do zero, e porque não a meio do ano?

O meu blog anterior, por mais que gostasse dele, eram constantes as vezes que o alterava, apesar de ser o que me dava mais gozo combinando com o nunca estar satisfeita. Mas o que já me estava a dar alguma comichão era o seu nome, e verdade seja dita, cheguei ao ponto de não me identificar com o blog de um todo, já me sentia perdida. O seu nome era demasiado abrangente, extenso, e realmente perdido num grande mundo. A minha intenção era o "Big World" justificar o querer falar sobre tudo. E afinal, sinto que não falei sobre quase nada. Criei-o para encontrar os meus gostos, e aprender. Se consegui? Talvez, mas aprendi mais do que "não gosto". Não interpretem isto como se estivesse a desvalorizá-lo, porque está a custar-me ter eliminado o blogue. Ele deu-me muita coisa boa, mais do que eu esperava até. Foi graças a ele que tive oportunidade de conhecer pessoas espectaculares, e proporcionou-me aventuras que nunca poderei esquecer.

Mas está na hora de mudar de rumo.
(Gradualmente irei dando uns ajustes, por isso não estranhem o nome antigo ainda em alguns lugares.)

Começar do zero não é fácil, sei que vai ser muito vagaroso, e pedacinhos do blog anterior virão comigo de certeza para este novo lugar. Mas o que importa é que me dê tanto gozo como o Big World já me deu.  E se sentir que me estou a perder outra vez, Alice, senta-te e respira.

Sejam bem vindos!

(É bom saber que me aguardavam, fico com o coração cheio. Obrigada! E afinal não demorei muito.)

5 Coisas de 2017

De uma maneira geral, 2017 não foi melhor que o ano passado, mas tenho de lhe dar algum crédito. O ano está a chegar ao fim, por isso a...

Popular Posts